39ª Congresso Brasileiro de Angiologia e Cirurgia Vascular

Êxito no maior evento científico da Sociedade Vascular

Encontro que aconteceu de 11 a 15 de outubro em São Paulo, tornou-se referência no segmento e se consolidou como o maior evento nacional da especialidade.

 

O 39º Congresso Brasileiro de Angiologia e de Cirurgia Vascular, realizado de 11 a 15 de outubro foi um grande sucesso científico, contando com cerca de 2.600 inscritos, 85 palestrantes nacionais e 17 internacionais.

O Palácio de Convenções do Anhembi, em São Paulo, abrigou a todos com conforto e segurança, permitindo total aproveitamento das excelentes palestras. A área de exposições, totalmente ocupada por estandes, teve um movimento comemorado pelas empresas parceiras que apoiaram o evento. Os professores responsáveis pelas sessões científicas e os palestrantes respeitaram os horários com pontualidade ímpar, propiciando que as apresentações e os debates não invadissem o espaço das atividades seguintes e que os congressistas pudessem se organizar dentro dos prazos estabelecidos. O padrão científico das palestras proferidas por todos os convidados foi muito elevado e homogêneo. Com um programa científico bastante abrangente foram apresentados e discutidos os mais recentes avanços da especialidade, os pontos polêmicos e a visão de professores americanos e europeus de grande influência internacional.

 

Lançamentos

Além das apresentações das palestras, o Congresso também reservou um espaço para as empresas apresentarem suas novidades.

A SBACV lançou, no dia 11, novas normas para tratamentos de doenças vasculares. O objetivo dos trabalhos foi uniformizar as condutas médicas, baseando-as em estudos científicos de boa qualidade, o que vai unificar as práticas em saúde e garantir melhor respaldo ao médico e maior segurança ao paciente. Foram dois anos de estudo com o auxílio de 142 especialistas.

A diretriz de “Terapia de compressão elástica dos membros inferiores”, já aprovada na Associação Médica Brasileira (AMB), confirma o benefício do uso das meias compressivas no tratamento das varizes e institui as regras de como prescrevê-las com segurança.

Já a Diretriz “Tratamento Cirúrgico das Varizes dos Membros Inferiores”, em revisão na AMB, discorre sobre os tipos de procedimento: conservador, cirúrgico e endovascular.

Outras quatro Diretrizes também foram debatidas pelos médicos no Congresso: Escleroterapia, Pé Diabético, Aneurisma de Aorta Abdominal e Carótidas. O texto completo das Diretrizes pode ser acessado em www.sbacv.com.br

Algumas empresas do segmento da saúde também apresentaram suas novidades. Foram os casos, por exemplo, da Boston Scientitic, da V Company do Brasil, Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos e da Medtronic.

A Boston Scientific, fabricante de dispositivos médicos para procedimentos intervencionistas lançou novo stent Adapt™. Composto por uma fina malha metálica de nitinol (liga de níquel e titânio), tem o formato de uma pequena folha. Seu diferencial é a estrutura desenhada com células fechadas que cobrem as áreas afetadas de modo mais consistente, tornando esse stent mais eficaz em evitar que a gordura migre para o cérebro e cause um AVC. Além do stent Adapt™, a Boston Scientific também lançou dois produtos: o Mustang, novo balão para dilatação de stents; e o fio guia Journey, utilizado para introdução do catéter e dos dispositivos como stents e balões.

Já a V Company do Brasil, Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos, apresentou o V Eraser, um equipamento eletromédico que utiliza corrente elétrica de alta frequência para o tratamento das telangiectasias.

Mais informações, no < impresso >